Participe do webinar “A Convergência do Presentismo e do Futurismo” em 10/dez! INSCRIÇÕES GRATUITAS
Mensagens de Jovens Espro reforçam que o Setembro Amarelo não pode acabar

Mensagens de Jovens Espro reforçam que o Setembro Amarelo não pode acabar

Estamos encerrando a campanha Setembro Amarelo 2020, mas o combate ao suicídio deve permanecer durante todo o ano. Ao longo do mês, compartilhamos muito conteúdo aqui no blog, nas mídias sociais e realizamos ações de conscientização aos adolescentes e jovens que participam de nossos programas. Tudo isso para defender o cuidado com a saúde mental e orientar sobre as melhores ações a serem tomadas ao menor sinal de alerta. Queremos destacar aqui duas ações importantes; porque o Setembro Amarelo não pode acabar.

Na semana de 21 a 25 de setembro foram oferecidas palestras desenvolvidas especialmente para os adolescentes e jovens, transmitidas ao vivo pelo YouTube para facilitar o acesso a todos. O conteúdo foi preparado com muito carinho e apresentado pelo time de psicólogas do Espro, que destacaram o perfil mais afetado pelo suicídio: “pessoas de 15 a 35 anos de idade, público LGBTQI+, negros e pardos e população periférica”. As apresentações somaram quase 12 mil visualizações e houve forte participação via chat, com dúvidas desabafos e mensagens positivas.

Além disso, os aprendizes também foram motivados a produzir mensagens criativas sobre o Setembro Amarelo. Isso resultou em uma série de vídeos muito rica e inspiradora, mas como não daríamos conta de divulgar tudo, selecionamos 15 vídeos. Dê o play abaixo!

 

Ficou tudo especial demais, não é? Esperamos que todas as mensagens tenham tocado seu coração, assim como tocou o nosso. E pedimos, mais uma vez, que você siga cuidado de seu bem-estar emocional, além de observar as pessoas ao seu redor sempre. A qualquer momento pode ter alguém precisando de ajuda e é por isso que o Setembro Amarelo não pode acabar!

Se você perdeu algum conteúdo da campanha, está tudo listado aqui para você conferir:

Compartilhe:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments