Setembro Amarelo: como cuidar da saúde mental e emocional

Setembro Amarelo: como cuidar da saúde mental e emocional

Já publicamos alguns posts aqui no blog sobre como o cuidado com a saúde mental e emocional podem ajudar a combater o suicídio. Dessa vez, queremos compartilhar algumas dicas para completar a campanha Setembro Amarelo. Além de garantir bem-estar, você também poderá ter uma vida mais leve e saudável se colocar as sugestões em prática.

O primeiro passo é encontrar equilíbrio em todas as suas atividades com a família, amigos, trabalho, estudos etc. Há momentos em que fica mais difícil se equilibrar, ainda mais em tempos de pandemia. Mas o importante é nunca deixar sua saúde para depois, ok?

E existem diversas maneiras para cuidar da saúde mental e emocional. Para facilitar, vamos destacar aqui a lista de sugestões criada pelo psicanalista e filósofo Fabiano de Abreu. Separamos cinco opções para você escolher, ou praticar todas elas, ou, ainda, acrescentar mais atividades que você gostar. Anote aí!

5 maneiras de cuidar da saúde mental e emocional

  1. Pense positivo: “Ser positivo é essencial para que possamos ter a mente tranquila para buscar planos e planejamentos futuros”, destaca Fabiano. Para isso, você deve focar seu pensamento em coisas que te fazem bem, evitando pensamentos negativos.
  2. Crie uma rotina: é importante ter hora certa para trabalhar e descansar, mas não só isso. Pode ser uma boa ideia definir horários e limites para redes sociais, estudos e tudo mais. Assim você consegue se organizar melhor e não exagera em nada.
  3. Mantenha-se ativo e bem alimentado: mesmo que nunca tenha feito nada, sempre dá para começar algo novo. Existem muitas possibilidades, você só precisa testar e escolher uma que goste, pode ser caminhada, dança, corrida ou o que preferir. Fabiano reforça que “os exercícios liberam o hormônio da endorfina, que dá sensação de bem-estar, alegria, conforto e bom humor”. Além disso, vale cuidar da alimentação e se divertir cozinhando também!
  4. Alinhe-se com a natureza: pode ser uma boa ideia se reconectar com o nosso instinto e energia, buscando maior contato com a natureza. Vale passar um tempo em praças, parques ou até mesmo cuidando de um pequeno jardim em casa mesmo. E não esqueça de tomar sol!
  5. Crie metas: o bom de ter metas é poder focar em conquista-las, o que “ativa o hormônio da dopamina, associado ao amor, bem-estar e felicidade”, explica Fabiano. E podem ser metas pequenas mesmo, como ler um livro, terminar uma série, consertar alguma coisa etc.

Dica extra: procure ajuda!

Gostou das sugestões? Além disso tudo, vale lembrar a importância de pedir ajuda sempre que sentir necessidade. Pode conversar com alguém da família, um amigo ou até buscar o CVV – Centro de Valorização da Vida, que atende gratuitamente todas as pessoas que precisam conversar, sob total sigilo, pelo telefone 188, e-mail e chat 24 horas no site.

Agora ajude a complementar contando nos comentários o que você gosta de fazer para cuidar da saúde mental e emocional. A aproveite para compartilhar com seus contatos para que eles possam se cuidar também!

💛 APOIE ESSA CAMPANHA! Confira outros posts aqui do blog, ajude a conscientizar seus amigos e compartilhe sua opinião nos comentários!
Compartilhe:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments