Sistema de Aprendizagem Espro deve atender 3 mil aprendizes até dezembro de 2022

Sistema de Aprendizagem Espro deve atender 3 mil aprendizes até dezembro de 2022

Plataforma, voltada a entidades que atuam com socioaprendizagem, oferece pacote completo com conteúdo, suporte e processos de gestão

 

O Sistema de Aprendizagem Espro (SAE), plataforma voltada exclusivamente a pequenas e médias entidades que atuam ou desejam atuar com o Programa de Aprendizagem, oferecerá suporte para o atendimento a 3 mil jovens em todo o Brasil, até o fim do ano. 

Os parceiros se beneficiam com estrutura especializada, ferramentas e serviços que servem para melhorar os programas já oferecidos, caso existam, ou darão base para implementação e o desenvolvimento de seus próprios cursos, através de processos de gestão pedagógica, conteúdos educacionais, objetos de aprendizagem, matrizes de cursos e regulatórios – tanto de forma presencial quanto remota (EAD).

Aliado a isso, o SAE conta com módulos de treinamento e capacitação para os profissionais que irão ministrar os cursos e administrar os programas. Dessa forma, todas as pessoas envolvidas no processo aprendem como funciona a metodologia do Espro, que há mais de 40 anos é referência na capacitação de jovens aprendizes para o mercado de trabalho.

O programa existe desde dezembro de 2020. A Guarda Mirim, de Guaratinguetá (SP), é a pioneira em adotar o SAE. À época, 78 jovens foram atendidos, compondo a primeira turma. 

“Ao implementar o Sistema de Aprendizagem Espro, sabíamos que não estávamos atendendo 78 jovens, mas sim 78 famílias. Abrimos caminho para que essas pessoas conquistassem uma qualidade de vida melhor, mais digna. A parceria é importante para que os jovens desenvolvam todo seu potencial e tenham perspectiva de um futuro melhor”, afirma Antonio Pasin, coordenador da Guarda Mirim.

Para Alessandro Saade, superintendente executivo do Espro, a capilaridade e a troca de experiências que o sistema trará à socioaprendizagem são os principais ganhos. “Existem entidades em regiões do Brasil que, muitas vezes, não dispõem de recursos para investimento contínuo no desenvolvimento de conteúdos e metodologias. Participar de um sistema como o SAE permitirá uma colaboração, gerando uma sinergia benéfica a todo o ecossistema, além de permitir ao Espro o cumprimento de sua missão de capacitar jovens vulneráveis e inseri-los no Mundo do Trabalho”, ele explica.

Rede de Aprendizagem Espro

O SAE também serve para a consolidação da Rede de Aprendizagem Espro (RAE). O objetivo é estabelecer alianças em que as entidades possam fazer o acolhimento dos jovens de forma colaborativa. Isso gera eficiência e aumenta a área de atuação de ambas as entidades. Esta modalidade só é possível para os parceiros integrantes do SAE.

Além do SAE, o RAE garante uma camada adicional de serviços tanto pedagógicos quanto de desenvolvimento social, trazendo benefícios para os jovens e as entidades. 

Sobre o Espro

Há mais de 40 anos, o Espro (Ensino Social Profissionalizante) trabalha para inserir no mercado de trabalho adolescentes e jovens em situação de vulnerabilidade social, por meio da socioaprendizagem. A instituição tem como objetivo auxiliar esses profissionais a serem protagonistas da construção de uma sociedade mais inclusiva, bem como apoiar suas famílias e comunidades, seja por meio de projetos de capacitação ou assistência social.

Em sua trajetória, o Espro encaminhou mais de 430 mil adolescentes e jovens para processos seletivos ou para sua primeira oportunidade no mundo do trabalho. Além disso, realizou 1 milhão de atendimentos sociais, englobando visitas domiciliares, acompanhamentos psicológicos, visitas técnicas, oficinas de geração de renda, encaminhamentos para a rede de apoio e outras iniciativas para desenvolver e melhorar a jornada dos jovens.

A associação filantrópica está presente em todo o território nacional, com filiais e polos em 16 estados, alcançando 2.202 municípios e capacitando anualmente mais de 20 mil jovens por meio dos Programas Jovem Aprendiz e Formação para o Mundo do Trabalho.

Quem busca o primeiro emprego pode acessar o site do Espro. As empresas interessadas em contratar jovens e contribuir com a missão de construir uma sociedade mais inclusiva encontram mais informações e contatos aqui.

Informações para a imprensa

2PRÓ Comunicação

E-mail: imprensa.espro@espro.org.br

Telefone: +55 (11) 3030-9436

Compartilhe:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments