Jovem Espro lança projeto de mobilização social

Jovem Espro lança projeto de mobilização social

A partir de sua vivência no Programa de Socioaprendizagem, o aprendiz Luan Sanches buscou no Espro a ajuda necessária para fortalecer o projeto social criado em conjunto com amigos em seu bairro. Além de contar com o patrocínio do Espro, o jovem mobilizou as turmas do Espro Largo São Francisco para ajudar na arrecadação de alimentos, conseguindo juntar 200 kg de doações.

O recolhimento dos alimentos faz parte de ações sociais do projeto de Futebol Solidário, criado e mantido pelo jovem e seus amigos de bairro. A iniciativa surgiu há alguns anos com o intuito de manter os laços de amizade através do esporte e com a percepção das necessidades do bairro onde o campo de futebol se encontra. A ação também contou com a ajuda de uma igreja local, expandindo as atividades, buscando mobilizar e ajudar a população.

Luan conta que viu no Espro a oportunidade de expandir o seu projeto social e aliar os conhecimentos obtidos em sua trajetória na instituição, que iniciou no FMT e encerrou na Etapa Final do programa de aprendizagem. “Fui muito beneficiado pelo Espro e quero que outras pessoas conheçam essa ONG. Eu sou um jovem formado no FMT e depois me ofereceram a oportunidade de trabalhar em uma das maiores empresas do país, na qual evolui grandemente”, conta Luan. Ele frisa a importância de querer que outras pessoas também tenham as oportunidades que teve: “Não quero que só eu tenha esse conhecimento e nem essa oportunidade. Os meninos da minha vila, na zona Leste, merecem também uma oportunidade de ingressar no mercado de trabalho e ter ótima desenvoltura e oportunidades como eu tive”

O aprendiz acionou o Espro para inclusão do logo na camiseta do time amador, levando a instituição para as comunidades Vila Tolstoi/Vila Miami na zona Leste de São Paulo.

A partir dessa mobilização, podemos perceber como contribuímos para a evolução profissional e pessoal dos jovens, preparando não somente para o mercado de trabalho, mas transformando-os em cidadãos conscientes que percebem as necessidades de suas localidades e aptos para se mobilizar em busca de soluções. Esta e outras ações de arrecadação de materiais estão disponíveis nos corredores da unidade do Largo São Francisco.

Compartilhe:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments