Espro em parceria com Vivo Empresas, distribui chips de celular com internet a milhares de jovens brasileiros

Espro em parceria com Vivo Empresas, distribui chips de celular com internet a milhares de jovens brasileiros

Desde setembro, aprendizes de todo o país vem recebendo de graça unidades com 20GB de internet, acesso a redes sociais, aplicativos de comunicação e de aprendizagem; maioria dos beneficiados está em situação de vulnerabilidade social  

Uma iniciativa do Espro (Ensino Social Profissionalizante) em parceria com a Vivo Empresas vem ajudando a conectar milhares de adolescentes e jovens aprendizes de todo o país. Chamado de Conect, o projeto prevê a distribuição gratuita de chips com internet para aprendizes da instituição. Cerca de 15 mil jovens devem ser beneficiados em um ano, sendo 2 mil já distribuídos durante o segundo semestre do ano passado.

“A maioria dos participantes do programa está em situação de vulnerabilidade social”, afirma Alessandro Saade, superintendente executivo do Espro. “Cerca de 60% dos atendidos em nossos programas de aprendizagem têm algum nível de vulnerabilidade social. Com esta iniciativa inovadora, vamos promover a inclusão digital dos jovens brasileiros, em especial os de baixa renda, pois sabemos que a tecnologia é uma das ferramentas mais importantes a favor do conhecimento, do trabalho do futuro e do crescimento do país”, afirma Saade.

Acesso à internet

Saade ressalta que a iniciativa também permite momentos de lazer aos jovens, como assistir a séries e navegar nas redes sociais. De acordo com a Pesquisa Espro Jovem Covid-19, o maior levantamento do país sobre a influência da pandemia entre os jovens brasileiros, a maioria deles assiste a séries como principal fonte de entretenimento.

A rede social preferida dessa parcela da população é o Instagram: 94% deles possuem e 75% são ativos. Depois vêm Facebook (79% possuem / 30% são ativos), Tik Tok (49% / 21%) e Twitter (48% / 20%).

Os jovens aprendizes atendidos pelo Espro estão em áreas predominantemente urbanas e, segundo o levantamento, 96% desse público têm smartphones.

Parceria

A ação foi viabilizada por meio de uma parceria com a Vivo Empresas. A companhia está disponibilizando os chips para o programa com condições especiais visando os benefícios sociais da inclusão digital na formação de jovens para o mundo do trabalho.

“Como empresa de tecnologia, somos provedores de serviços essenciais para a inclusão digital de jovens em situação de vulnerabilidade social. Quando este projeto foi internalizado, nos pautamos no nosso propósito de Digitalizar para Aproximar e fizemos questão de viabilizá-lo por entender seu grande impacto social”, explica o diretor de vendas Fabio Balladi.

Compartilhe:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments