Pesquisa Espro mapeia comportamento de adolescentes e jovens frente à pandemia da Covid-19

Pesquisa Espro mapeia comportamento de adolescentes e jovens frente à pandemia da Covid-19

A pesquisa, disponibilizada entre os dias 14 e 30 de abril, reuniu amostras de 3.842 adolescentes e jovens ativos nos programas Espro revelou que quase a totalidade dos aprendizes considera estar bem informado sobre o novo coronavírus e acredita que a doença é muita contagiosa e pode ser letal. Assim, 57% se mostram muito preocupados com uma possível contaminação pessoal, número que sobe para 70% quando considerado que o problema pode afetar o pai ou a mãe.

Cuidados básicos – Em relação aos cuidados necessários, os jovens demonstram estar seguindo à risca as recomendações que são passadas pelos profissionais da saúde. Tanto que 95% garantem que estão lavando as mãos com frequência, 92% estão utilizando álcool em gel, 68% alegam sair de casa apenas para coisas essenciais, 66% não estão recebendo visita em casa e 62% dizem usar máscaras.

De acordo com a pesquisa, 5% dos jovens apresentaram sintomas relativos a Covid-19 e 3% responderam que tiveram confirmação da doença. Quando se referem aos familiares, 7% sentiram sintomas e 3% contraíram o vírus.

Trabalho – Além de estarem afastados das atividades teóricas presenciais no Espro, nesse período, 51% dos aprendizes foram orientados, por decisão da empresa a permanecerem em casa até a normalização. Outros 15% dizem estar de férias, 12% estão trabalhando em casa (por decisão da empresa) e 11% continuam indo fisicamente.

Renda familiar – Apenas 3% declararam renda familiar acima de R$ 5 mil. A maioria (29%) afirmou ter renda entre 1 a 2 salários mínimos.  Do total, 12% dos aprendizes alegaram ter recebido o auxílio do Governo, número que vai para 63% quando questionados sobre alguém da família. Ainda no cenário econômico, 45% dos jovens relataram que um dos membros da sua casa teve perda na renda.

Comportamento – Outra constatação importante está no aspecto comportamental, entre as opções de entretenimento mais procuradas pelos jovens está a distração com séries e filmes (88%), a aprendizagem de algo novo (50%) , acompanhar lives de artistas e músicos (46%), cozinhar (46%), fazer vídeo chamada com amigos e familiares (44%), ler e escrever (43%), prática de atividade física (36%), jogar vídeo game (34%) e trabalhos manuais (16%).

Clique aqui e confira os dados completos da pesquisa.

Compartilhe:
  • Boa noite.

    Sou um ex jovens Espro, e achei incrível os apontamentos e gostaria de saber se é possível ter acesso aos dados, pois não estou conseguindo localizar na notícia.

    Senti falta no cruzamento de informações, como por exemplo a quantidade de jovens com renda x que estão seguindo os cuidados básicos ou jovens com renda x que estão seguindo comportamentos y…

    Belo trabalho.

    • Olá, Rudnan! Tudo bem?

      É ótimo saber que você gostou e continua nos acompanhando! Há quanto tempo você se formou no Espro?
      Realmente estava faltando o link para o material na notícia, mas já atualizamos e você pode conferir os dados.

      Agradecemos a visita e comentário!
      E volte sempre para acompanhar as novidades.

      Abraço!

      • Olá, Elaine.

        Me formei em 2018 no polo do Centro do Rio de Janeiro e atualmente estou cursando estatística e me deparei com essa pesquisa na qual achei de extrema importancia pro momento que estamos vivendo e isso só deixa claro o quanto se importam com jovens no geral que passam pelo ESPRO.

        Também quero agradecer a minha orintadora Lenne, que durante os 16 meses me fez absorver conteúdos de extrema importacia para o mercado de trabalho.

        Bjus.,

  • Olá, meu nome Franklin, antes desta pandemia eu estava interessado em fazer um dos cursos qual vocês fornecem, porém, me passaram que as atividades de vocês foram suspensas desde então, eu gostaria de saber como que está funcionando agora, ou, ainda não estão funcionando?

    • Olá, Franklin! Como vai?

      Por conta da pandemia não estamos atendendo presencialmente, mas nossas atividades seguem normalmente de maneira remota. Você já fez seu cadastro? Para tirar todas as suas dúvidas, entre em contato com a nossa Central de Atendimento pelo e-mail aprendiz@espro.org.br ou por telefone, na filial de sua região.

      Abraços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *