Espro - Ensino Social Profissionalizante

Educa, Transforma, Inclui.

São Paulo (Matriz) Tel. 11 2504-1174

  • São Paulo (Matriz) Tel. 11 2504-1174
  • Rio de Janeiro Tel. 21 3513-6400
  • Belo Horizonte Tel. 31 3506-1900
  • Brasília Tel. 61 3226-1512
  • Curitiba Tel. 41 2107-0500
  • Recife Tel. 81 3424-8166
  • Salvador Tel. 71 3027-5023
  • Campinas Tel. 19 3722-0004
  • Porto Alegre Tel. 51 3085-5707
Início do conteúdo

Espro Curitiba promove a 2ª edição da campanha “Um Lacre Faz a Diferença”

11 de outubro de 2016.

O Espro Curitiba promoveu mais uma edição da campanha “Um Lacre Faz a Diferença”. Jovens Aprendizes da empresa parceira Serpro e do Espro arrecadaram 35 garrafas pets contendo lacres de latas de alumínio. O material foi entregue a instituição Pequeno Cotolengo Paranaense que atua no acolhimento, saúde, educação e qualidade de vida para pessoas com deficiências múltiplas, abandonadas pela família ou em situação de risco. A ação também contou com uma visita técnica no local.

A campanha foi iniciada em 2015, pelos Jovens Aprendizes do Serpro, que são os responsáveis pela execução do projeto. A iniciativa visa arrecadar lacres de alumínio para doar às instituições de caridade que poderão vendê-los e, com valor recebido na negociação, comprar cadeiras de rodas ou outros materiais que necessitem. Em média, a cada 170 garrafas, é possível adquirir uma cadeira de rodas simples. O valor varia conforme cotação do alumínio e peso das garrafas. Este ano a campanha recebeu o apoio do Espro Curitiba, que disponibilizou postos de coleta em todas as salas de treinamento e também no setor administrativo.

 

Conheça o #DiadeDoar e ajude a transformar a vida de milhares de jovens!

No dia 29 de novembro de 2016, acontece o Dia de Doar, movimento fundado em 2012 que incentiva a cultura de doação no Brasil para instituições não governamentais, em busca de um país mais generoso e solidário.

Desde o início da sua realização no Brasil, em 2013, o Espro participa dessa campanha buscando incentivos para as Oficinas de Arte e Cultura, projeto social aprovado pela Lei Rouanet.

Por que investir nesse projeto

Voltadas para os jovens que vivem em situação de vulnerabilidade social e que participam dos programas do Espro – Formação para o Mundo do Trabalho e Jovem Aprendiz – as Oficinas de Arte e Cultura tem o objetivo de oferecer uma maneira diferente e descontraída para os jovens se desenvolverem. 

Elas impactam diretamente em suas rotinas, como na postura, respeito ao próximo, organização e trabalho em equipe. Por meio de aulas de teatro, canto, violão e dança, os jovens vivenciam as regras do coletivo, da escuta e do respeito. Isso é fundamental para que possam seguir fazendo o que desejam, de maneira séria e comprometida, em seus trabalhos, seus estudos e em suas relações afetivas ao longo da vida.

Quem pode doar

Por meio da Lei Rouanet, pessoas físicas que declaram Imposto de Renda no formato completo e empresas tributadas com base no lucro real podem contribuir com esse projeto. Os incentivadores que apoiarem poderão ter o total ou parte do valor desembolsado deduzido do imposto devido, dentro dos percentuais permitidos pela legislação tributária. 

Para empresas, até 4% do imposto devido; para pessoas físicas, até 6% do imposto devido. E o valor será deduzido apenas no ano seguinte à doação.

Multiplique nossa causa e ajude a levar mais cultura e cidadania a milhares de jovens! 

Direitos do Jovem Aprendiz: desligamento durante as férias

Durante as férias, o contrato de trabalho está interrompido, embora continue ativo, inclusive com relação à contagem de tempo de serviço, mesmo não havendo a prestação de serviço. É orientado que durante o período de férias o jovem não seja dispensado.

Para mais informações e dúvidas sobre o programa Jovem Aprendiz, clique aqui. 

 

Campanha de doação de sangue é realizada em Recife

3 de outubro de 2016.

No dia 26 de setembro, O Espro Recife levou uma turma de Jovens Aprendizes para doar sangue na Fundação de Hematologia e Hemoterapia de Pernambuco.

A ação foi realizada por 15 jovens e aconteceu durante o horário de Atividade Teórica. Para a Jovem Aprendiz ThaynaValesca Ramos de Souza, este é um gesto simples, uma demonstração de amor ao próximo e que deveria ser praticado por todo mundo. “Já é a segunda vez que faço a doação de sangue e, sinceramente, senti que tava fazendo uma das coisas mais importantes da minha vida”, disse. 

Para o Espro, levar os jovens para este movimento é ensinar o verdadeiro exercício da cidadania e comprometimento com a sociedade. 

 

Espro Recife participa de evento nas comunidades do Pina

3 de outubro de 2016.

No começo de setembro, o Espro Recife participou da 5ª edição do Pão e Tinta, evento sociocultural que acontece anualmente trazendo um espaço de comunicação para moradores do Pina.

A participação se deu na rádio da comunidade Ilha de Deus, numa roda de conversa onde o tema foi ‘O extermínio da juventude nas comunidades do Pina’. Como alternativa, o Espro apresentou e as oportunidades que o programa Jovem Aprendiz oferece, inserindo jovens no mercado de trabalho. A oportunidade aconteceu a convite do colaborador Pedro Andrade da Silva, morador do Pina. “O ponto mais importante desse evento é o fortalecimento dos sonhos de jovens que vivem em uma situação hostil nessas comunidades. A oportunidade de serem inseridos nos programas do Espro possibilita a retirada desses jovens da criminalidade e do trabalho infantil”, ressalta Pedro.

O evento é organizado pelo coletivo 100Parar e com o apoio da Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Enfrentamento ao Crack e Outras Drogas do Recife e teve como slogan ‘Onde os Urubus têm Asas’. A proposta é resgatar a cultura Manguetown e explorar alguns locais não conhecidos pelos recifenses, fazendo uma ponte com as comunidades ribeirinhas que estão no entorno da Bacia do Pina.

Nesta edição, houve a revitalização das comunidades com pinturas de graffiti e programação voltadas à juventude com a finalidade de gerar conscientização contra a violência e a disputa territorial da área, por meio de exibição de filmes, oficinas, rodas de diálogos e shows. 

Espro aliado da Secretaria de Enfrentamento ao Crack e Outras Drogas

O Espro Recife estabeleceu uma parceria muito próxima com a prefeitura da cidade, pois possui missão que se conecta com os propósitos da Secretaria de Enfrentamento ao Crack e Outras Drogas que é responsável pela luta por garantias dos direitos humanos.

Em dezembro de 2015, a filial recebeu o prefeito Geraldo Julio para certificar os jovens que participaram do projeto FOCO – Formação Comunitária, que prepara multiplicadores para atuarem no combate ao uso de drogas, fazendo do Espro a entidade de maior adesão ao programa do município.

Fim do conteúdo (Clique neste link para voltar ao início do conteúdo) Voltar ao topo da página (Menu principal)