Espro - Ensino Social Profissionalizante

Educa, Transforma, Inclui.

São Paulo (Matriz) Tel. 11 2504-1174

  • São Paulo (Matriz) Tel. 11 2504-1174
  • Rio de Janeiro Tel. 21 3513-6400
  • Belo Horizonte Tel. 31 3506-1900
  • Brasília Tel. 61 3226-1512
  • Curitiba Tel. 41 2107-0500
  • Recife Tel. 81 3424-8166
  • Salvador Tel. 71 3027-5023
  • Campinas Tel. 19 3722-0004
  • Porto Alegre Tel. 51 3085-5707
Início do conteúdo

Financiamento coletivo para reforma do Espro Itaguassu

22 de novembro de 2016.

O Espro – Ensino Social Profissionalizante lançou na última sexta-feira, dia 18 de novembro, a campanha Reviva Itaguassu na plataforma de financiamento coletivo, o Catarse. O objetivo desta ação é arrecadar fundos para a reforma do prédio da unidade, na periferia no extremo norte de São Paulo.

Hoje, o prédio está em mau estado, o que impede a instituição de atender mais pessoas. Esta unidade é atualmente utilizada para a realização de cursos de Formação para o Mundo do Trabalho, atividade teórica do Programa Jovem Aprendiz, Oficinas de Convivência e Geração de Renda.

A campanha ficará no ar por 6 meses e os doadores terão direito à recompensas de acordo com a doação realizada:

Para R$ 10 ou mais Agradecimento no Portal do Espro

Para R$ 30 ou mais Plaquinha com os nomes de quem doou na fachada de Itaguassu

Para R$ 50 ou mais Carta especial ao doador, escrita pelos jovens

Para R$ 80 ou mais Cartão-postal com a foto da nova Itaguassu, com autógrafo dos jovens

Para R$ 200 ou mais Camiseta de apoiador da causa com grafismo/desenho feito pelos jovens

Para R$ 500 ou mais Pasta de tecido e mousepad com estampa ou desenho dos jovens

Você pode doar, ajudar a divulgar esta campanha e colaborar ainda mais para o resgate da cidadania, o aumento da autoestima, o convívio e o estreitamento de laços familiares da comunidade da Brasilândia, em São Paulo.

Doe e compartilhe este projeto!

Financiamento Coletivo

O financiamento coletivo ou ‘crowdfounding’ uma modalidade de efetivação de projetos muito popular atualmente. É quando várias pessoas se identificam com um projeto e resolvem contribuir financeiramente para que ele saia do papel. Baseado na economia colaborativa, tem como fundamento a premissa de que juntos todos podem conquistar seus objetivos. A doação é como qualquer outra que você faz a instituições de caridade, por exemplo, com a diferença de que normalmente, de acordo com o valor doado, há recompensas como contrapartida à atitude solidária. Algumas delas são simbólicas pois, normalmente, o ato de doar já traz por si só muita satisfação ao doador . No caso do Catarse – a plataforma escolhida pelo Espro para este projeto – o pagamento é feito por meio de pagamento por cartão de crédito, pelo próprio site de financiamento coletivo.

Clique aqui para doar.

 

Espro Brasília cria projeto que ensina a fazer uma boa redação no Enem

4 de novembro de 2016

O Espro Brasília criou um projeto focado na dissertação argumentativa e nas técnicas básicas de produção textual para garantir aos estudantes um melhor desempenho na redação do Enem - Exame Nacional de Ensino Médio. Chamado de ‘Jovem Escritor’, a ação é voltada para os Jovens Aprendizes da instituição.

O projeto foi desenvolvido pela instrutora Elen Gama a partir da necessidade apresentada pelos jovens durante as Atividades Teóricas que o Programa Jovem Aprendiz oferece e devido a redação ser um dos principais desafios do Exame, podendo alavancar a nota dos estudantes quando bem desenvolvida.

Elen utiliza como metodologia do projeto a abordagem coletiva leitura dinâmica, brainstorming, mostra de redações que tiveram a nota máxima e produção e estruturação de textos. Também são discutidos assuntos relevantes, temas sociais e atualidades. Essa  construção de ideias se dá com a leitura e interpretação de textos de apoio, leitura de jornais e de sites de notícias. “As reflexões sobre  temas sociais, por exemplo, afetam a vida em sociedade e impactam diretamente no conflito de interesses individuais e coletivos. É importante frisar que deve-se levar em conta não apenas a própria  opinião, mas também o respeito às leis; fazendo-os repensarem seus valores e conhecimentos adquiridos e como irão portar-se perante a comunidade daqui para frente. Assim, os jovens devem estar antenados nos fatos políticos e sociais para ter desenvolvido um repertório mínimo para a elaboração de um bom texto”, afirma. 

Durante o projeto, que teve início em setembro, os jovens já desenvolveram duas redações e mostraram uma melhoria significativa em relação à argumentação, estrutura e diminuição de erros gramaticais. 

A Aprendiz Luísa Antunes considerou o conteúdo apresentado muito rico e garantiu que ele será bem utilizado na sua redação. “Aprendemos dicas valiosas, sobretudo para a redação do ENEM, como o uso de conectores, pontuação, a utilização estratégica da escrita, o mapa mental e o início de redações com tópico frasal”, disse. 

Os pontos analisados durante o projeto são: o registro da norma culta avaliando questões como ortografia e acentuação; apresentação de raciocínio, defesa de um ponto de vista coerente; uso correto da gramática e língua portuguesa possibilitando coesão entre orações, frases e parágrafos; e por último, se o candidato apresentou uma proposta de solução do problema especificando o dever e papel de cada cidadão de acordo com o tema sugerido. 

Espro promove bate-papo ao vivo sobre o Enem para Aprendizes de todo o Brasil

No dia 27 de outubro, o Espro promoveu um bate-papo ao vivo sobre o Enem – Exame Nacional de Ensino Médio aos Jovens Aprendizes que estão em fase de vestibular. A ação aconteceu na unidade Fecap, em São Paulo, e foi realizada em parceria com o diretor da Fundação PoliSaber, Gilberto Alvarez Giusepone Jr., que palestrou sobre o assunto. 

Ao todo, cerca de 140 jovens, das unidades Fecap e Mackenzie, assistiram presencialmente ao bate-papo. As outras unidades de São Paulo e filiais também puderam acompanhar em tempo real o evento, por meio de uma transmissão via Hangout no Youtube.

Gilberto, conhecido como professor Giba, logo de início, deu uma das principais dicas: “No ENEM, você tem que ter foco naquilo que te dá felicidade. Não pense em concorrentes. Direcione suas forças no seu preparo, estude bastante. Carregue sempre a certeza que para atingir objetivos, é preciso trabalhar muito, além de, como já disse, sempre buscar o que te faz feliz”.

De acordo com Katia Ramos, gerente Socioeducacional, para acompanhar as tendências do mercado e a geração dos jovens que o Espro atende, é primordial estar presente nos meios digitais. Por isso, desde setembro, o Espro implantou a área de Inovação e EAD. “Ações como esta nos permitem colocar todos os jovens conectados numa rede e oferecer a eles debates relevantes sobre temas atuais, que fazem parte do seu dia a dia e servem como base para vestibulares ou mercado de trabalho”, afirma. 

O bate-papo pode ser conferido na íntegra no canal oficial do Espro no Youtube. Clique aqui e confira!  

É Jovem Aprendiz? Vem novidade por aí!

Em 2017, uma das iniciativas da área de Inovação e EAD do Espro será a criação de uma comunidade online para que todos os Jovens Aprendizes interessados possam trocar conhecimentos e debater assuntos relevantes. 

Enquanto isso, envie para nós sugestões de temas para os próximos bate-papos pelo e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. .  

 

Fundação PoliSaber

Com fins não econômicos, natureza educacional e cultural e caráter emancipatório, a PoliSaber é responsável pelo sistema de ensino usado pelo Cursinho da Poli, um projeto criado em 1987, por um grupo de estudantes de engenharia da Escola Politécnica da USP. A Instituição já atendeu mais de 160 mil estudantes, na grande maioria oriunda de escola pública, alcançando índice de 60% de aprovação nos principais vestibulares do país.

 

Sobre o palestrante 

Gilberto Alvarez Giusepone Júnior é engenheiro metalurgista e de materiais formado pela Escola Politécnica da USP. Também membro e fundador da Cooperativa e Instituto Integra, com atuação nas áreas de Projetos de Edificações, Urbanismo, Planejamento Urbano, Trabalho Técnico Social (segurança alimentar e nutricional e geração de trabalho e renda) e Gerenciamento de Obras de habitação popular. Atualmente é diretor, professor e autor do material didático de Física do Cursinho da Poli. Ao longo dos anos, Gilberto se tornou especialista no Enem e já participou do Jornal da Cultura para passar as mesmas dicas sobre o Exame que está apresentando aos Aprendizes do Espro.

 

Os segredos da dança no mundo corporativo

3 de novembro de 2016

Num primeiro momento, pode soar estranho, mas é possível agregar benefícios da dança à realidade corporativa. Essa teoria foi comprovada pelo instrutor Julio Pascoal, do Espro Recife Recife, que criou o projeto Dança em Gestão, e tem como objetivo apresentar conceitos básicos de confiança, trabalho em equipe, criatividade, empoderamento, automotivação e produtividade, por meio de atividades lúdicas e descontraídas. 

A ação foi apresentada à gerente da filial, Marcela Toledo, em agosto. Após a aprovação, cerca de 220 Jovens Aprendizes de Recife receberam o projeto cheios de energia. No mesmo mês, Julio – que é especializado em Marketing Comportamental e Gestão de Carreiras e ministra palestras há seis anos – veio para São Paulo e aproveitou a oportunidade para aplicar o projeto no Espro Campinas e na unidade de Guarulhos do Espro São Paulo, o que totalizou uma quantidade de 350 jovens impactados. “Ganhamos uma nova forma de pensar. Entendi que o ritmo está ligado às nossas metas e prazos de entrega, e é preciso ter equilíbrio para controlar o que é feito até atingí-los”, contou o jovem Thawan Victor Vieira, de Recife.

Segundo o instrutor, os participantes não são expostos, nem obrigados a dançar. “O objetivo do projeto não é dar aulas de dança, e sim, demonstrar aos participantes que o desenvolvimento profissional e pessoal podem ser vistos também na arte”.  Julio também expôs sua felicidade após a finalização do projeto. “É gratificante poder colaborar de alguma forma com a vida desses jovens incríveis”, disse.

Parceria entre Espro e Tickets for Fun beneficia 250 Jovens Aprendizes

No dia 26 de novembro, 250 Jovens Aprendizes do Espro São Paulo, da unidade Sumaré, assistiram ao espetáculo Wicked, no Teatro Renault, em São Paulo. Os escolhidos para participar da ação foram jovens destaques na Avaliação Contínua do programa, ou seja, considerados exemplares em assiduidade e notas da Atividade Teórica.

Os ingressos foram disponibilizados pela empresa parceira T4F -Tickets for Fun, que esteve em uma palestra da instituição, se sensibilizou com a causa e resolveu presentear. “Ter ações como essa, valoriza o jovem que se dedica e está comprometido com o Programa Jovem Aprendiz. A parceria com a Tickets for Fun nos concedeu esses ingressos, por meio do projeto Gestores do Futuro, que contou com uma apresentação em que os gestores da empresa compareceram para que fosse explicitada a relação entre a Atividade prática com a Teórica. A presença dos parceiros dentro do Espro proporciona isso: eles vieram, valorizaram e presentearam. Então estamos aqui vendo e registrando o brilho nos olhos, trazendo para o jovem essa experiência. Eu tenho certeza que eles vão levar e guardar para sempre”, conta Margareth Pinto, gerente do Espro São Paulo.

Para o Jovem Aprendiz Gabriel Oliveira, de 16 anos, a ação foi importante para os jovens que não têm a oportunidade de assistir a um espetáculo como Wicked .“Eu me senti lisonjeado por ser um dos escolhidos e também pelo fato do Espro e a Tickets for Fun estimularem a cultura e, principalmente o teatro, já que hoje em dia as pessoas não têm tanto acesso.”, relata o jovem.

Alana Ferreira de Freitas, 21 anos, se emocionou com a iniciativa. “É muito gratificante. Eu achei bonito da parte do Espro. Sinceramente, não esperava. É um ato que promove a cultura entre os jovens. Às vezes, a pessoa acha que fazer tudo certinho é ser careta e, quando olha, só tem vantagens, desde os conhecimentos adquiridos até a possibilidade de ver um espetáculo como este. Que bom que o Espro proporciona isso aos jovens”, revela a Jovem Aprendiz.

Seja premiado com o ingresso para uma peça de teatro ou com um reconhecimento, o importante é o empenho e o resultado de ser comprometido. “Eu achei muito bacana a iniciativa do Espro de ter oferecido estes convites, ou seja, premiar as pessoas que se destacaram, mas também incentivar aquelas que não conseguiram atingir os objetivos. Isso ajuda para que, no mês que vem ou no próximo,  as pessoas possam se esforçar mais e –  se não for com Wicked – que sejam reconhecidas pelo menos com um parabéns”, diz Ana Luiza dos Santos,  de 18 anos.

O Espro trabalha para que os jovens tenham a cada dia mais desenvolvimento profissional e pessoal e sejam reconhecidos no mundo do trabalho. Realizar ações como essas é de extrema importância, pois o acesso à cultura também é cidadania e é essencial que os profissionais do futuro estejam engajados em todos os aspectos.

Sobre a peça

Grande sucesso da Broadway, o musical Wicked é baseado no livro do escritor americano Gregory Maguire. É uma prévia de O Mágico de Oz. Conta a história de Elphaba, que ficou conhecida como a "bruxa má", e de Glinda, a "bruxa boa", que viviam na Terra de Oz antes do mágico e de Dorothy chegarem. 

 

Fim do conteúdo (Clique neste link para voltar ao início do conteúdo) Voltar ao topo da página (Menu principal)