Espro - Ensino Social Profissionalizante

Educa, Transforma, Inclui.

São Paulo (Matriz) Tel. 11 2504-1174

  • São Paulo (Matriz) Tel. 11 2504-1174
  • Rio de Janeiro Tel. 21 3513-6400
  • Belo Horizonte Tel. 31 3506-1900
  • Brasília Tel. 61 3226-1512
  • Curitiba Tel. 41 2107-0500
  • Recife Tel. 81 3424-8166
  • Salvador Tel. 71 3027-5023
  • Campinas Tel. 19 3722-0004
  • Porto Alegre Tel. 51 3085-5707
Início do conteúdo

19/Dez - Dormiu bem? Então está preparado para ter atitudes éticas!

 

Pesquisa realizada recentemente por profissionais psicólogos e terapeutas das Universidades Johns Hopkins e Harvard (nos Estados Unidos) apontou que a tomada de atitudes éticas podem ter relação com o sono, ou seja, ‘o período dormido’ tem influência na capacidade de ser ou não ético. Para chegar ao resultado, os especialistas observaram atitudes de 200 pessoas sobre tomadas de decisões que envolviam questões éticas aliadas ao que chamam de cronotipo, uma espécie de relógio biológico de algumas pessoas que determina o quanto querem dormir ou o nível de energia. 

Os estudos apontaram que as pessoas podem agir com honestidade, em horários diferentes, de acordo com os hábitos do sono. O resultado geral determinou que a ética individual está sujeita não somente à qualidade do sono, mas também às pressões do dia a dia. Pessoas que dormem e acordam mais cedo têm as manhãs como período de maior atenção, autocontrole e discernimento. Já os que gostam de dormir ‘um pouco mais’ não apresentam esses atributos. Logo, quem tem ótima noite de sono está menos propenso à tentação de enganar as pessoas, por exemplo. “O mau sono compromete a capacidade de tomar atitudes corretas, de fazer escolhas, coloca em risco o autocontrole e ainda deixa a pessoa sem paciência. Ou seja, é a qualidade do sono que favorece esse lado antiético", explica a psicoterapeuta Maura de Albanesi.

Durma bem e seja ético!

Entre as ‘doenças da atualidade’ está a insônia e para que ela não se torne algo crônico vale a pena rever e evitar alguns costumes como: deixar dispositivos como celular, tablet, entre outros fora do alcance, antes de dormir. Também é muito importante adotar uma alimentação mais leve e não se envolver em situações de tensão que possam prejudicar o sono. Desta forma será evitada qualquer situação de comportamento antiético ou desonesto com os demais. 

"Quando estamos descansados, relaxados e com as energias renovadas, temos controle maior sob a tentação de mentir ou de enganar outras pessoas e em cada pessoa isso ocorre em períodos diferentes do dia, de acordo com o sono", comenta a psicoterapeuta. 

Tenha um bom sono e ótimas atitudes!

 

 

Fim do conteúdo (Clique neste link para voltar ao início do conteúdo) Voltar ao topo da página (Menu principal)