Espro - Ensino Social Profissionalizante

Educa, Transforma, Inclui.

São Paulo (Matriz) Tel. 11 2504-1174

  • São Paulo (Matriz) Tel. 11 2504-1174
  • Rio de Janeiro Tel. 21 3513-6400
  • Belo Horizonte Tel. 31 3506-1900
  • Brasília Tel. 61 3226-1512
  • Curitiba Tel. 41 2107-0500
  • Recife Tel. 81 3424-8166
  • Salvador Tel. 71 3027-5023
  • Campinas Tel. 19 3722-0004
  • Porto Alegre Tel. 51 3085-5707
Início do conteúdo

26/Mar - Espro - 35 anos transformando sonhos em realidade e construindo um país melhor

jovem-aprendiz_35 anos

Nesta quarta-feira, dia 26 de março, o Espro – Ensino Social Profissionalizante completa 35 anos de história. Durante todos estes anos  cerca de 110 mil jovens, suas famílias e comunidades tiveram suas vidas transformadas pela causa da instituição, por meio dos Programas Jovem Aprendiz,  Formação Profissional para o Mundo do Trabalho, Oficina de Geração de Renda e de Convivência.

As ações realizadas pelo Espro vão além da inserção jovem no mundo do trabalho. Os projetos sociais têm por objetivo resgatar a cidadania e aumentar a autoestima. Em 2013, o DDS – Departamento de Desenvolvimento Social do Espro atendeu 15.729 pessoas, por meio de ações sociais nas comunidades, além de jovens e familiares, que buscam melhorar a qualidade de vida, diminuir os índices de violência doméstica, aumentar a empregabilidade e o acesso a bens e serviços.
Um dos exemplos de transformação foi a Maria Carlita, mãe de Jovem Aprendiz, que fez da garagem um ponto de venda de doces e salgados. “Com tantos elogios que recebo da clientela, pretendo ampliar meu negócio. Estou muito realizada”, diz Maria, que participou do curso de Geração de Renda.

Despertar o empreendedorismo também faz parte do curso de Formação Profissional para o Mundo do Trabalho. Talita Thaís Ribeiro, do Espro Curitiba, abriu o próprio negócio com os conhecimentos adquiridos na instituição. ”Aproveitei a parte teórica que aprendi no Espro e apliquei na vendinha que eu fiz aqui em casa. Sinto-me preparada para o mundo profissional”, conta a jovem.

O Programa Jovem Aprendiz faz o jovem inserido exergar-se como cidadão, pois ele cria responsabilidades e tem a possibilidade de conviver em um ambiente corporativo. “Eu não sabia o que era trabalhar, ter responsabilidade, ética e a importância de exercer a cidadania. Com a experiência no programa Aprendiz Espro, tornei-me outra pessoa”, Mayara Viviane Souza Ladeia, Jovem Aprendiz do Banco Santander.

Uma das instituições pioneiras neste programa, o Espro conta hoje com mais de 900 empresas parceiras, que promovem o desenvolvimento profissional e pessoas de milhares de jovens. “Uma das crenças de gestão do Grupo Votorantim é a Meritocracia. Acreditamos que as pessoas são únicas e merecem ser valorizadas de forma justa e de acordo com suas entregas. Investir no desenvolvimento desses talentos é também investir em bons resultados”, Fábio Santos Sant´Anna, gerente de Desenvolvimento Humano e Organizacional da Votorantim Cimentos.

Educar, transformar e incluir os jovens, suas famílias e a comunidade têm sido a missão da instituição durante 35 anos. O objetivo desta instituição é transformar sonhos em realidade e construir um país melhor com acesso à educação, inserção no mundo do trabalho, além de estimular a cidadania com ações sociais.

8/Nov - Espro participa da Feira de Oportunidades em Belo Horizonte

JovemAprendiz_FeiraBH

No dia 31 de outubro, o Espro Belo Horizonte participou da 1ª Feira de Oportunidades, promovido para aproximar os alunos dos cursos de graduação das empresas que possuem vagas de estágio. O evento foi promovido pelo Centro Universitário Newton Paiva e aconteceu no campus Carlos Luz, com entrada gratuita.

Além dos alunos da Newton Paiva, estudantes do terceiro ano do ensino médio de escolas privadas da região e a comunidade em geral também participaram da Feira.

O Espro esteve presente com um estande, onde os alunos puderam tirar dúvidas sobre as leis de estágio, como funciona o programa, o que fazer para se tornar um estagiário além de cadastrar seus currículos.

No programa de Estágio, o Espro forma o elo entre estudantes, instituições de ensino e empresas, identificando as melhores oportunidades do mercado. Quem estiver interessado a se candidatar às vagas de Estágio do Espro deve cadastrar o seu currículo em www.espro.org.br, na seção Estagiário.

18/Set - Espro participa da Feira Capital Estudante em Brasilia

jovemaprendiz_capital

Entre os dias 19 e 21 de setembro, o Espro Brasília divulga seus programas na 2ª edição da Feira Capital Estudante – O seu Guia do Futuro, no Pátio Brasil Shopping.  O objetivo deste evento é estimular o aprendizado e o desenvolvimento dos estudantes, além de reunir diversas oportunidades de aprimoramento e planejamento profissional.

Serão disponibilizadas atividades de orientação vocacional, simulados, oficinas de redação, cadastro de currículos para estágios, programas de trainees e emprego, e plantão para tirar dúvidas de concursos, como o da Procuradoria Geral da República e o do Ministério Público da União, no sábado, dia 21.

Estão previstas também palestras gratuitas nos três dias do evento, sempre às 20h. Entre as elas, a do rapper, compositor, escritor e empresário Gabriel O Pensador, na quinta-feira, dia 19, do jornalista e escritor Caco Barcellos na sexta-feira, dia 20 e da atriz, apresentadora, humorista, psicóloga e escritora Maria Paula fechará no sábado, dia 21. São esperadas 30 mil pessoas neste evento.

O Espro contará com um estande na feira para apresentar o seu Programa Estágio, e também a Formação Profissional para o Mundo do Trabalho e o Programa Jovem Aprendiz. Os jovens poderão receber informações e se cadastrar para os programas da instituição.

A instituição oferece ainda “Oficinas de Mercado de Trabalho” aos jovens, todos os dias da feira das 9h às 15h e uma palestra sobre “Primeiro Emprego Responsabilidade Social”, com a psicóloga e executiva do Grupo Axia Coaching, Iracylka Liberato, no sábado dia 21.

Para informações sobre o Espro, acesse: www.espro.org.br

Serviço
Feira Capital Estudante - O Seu Guia do Futuro
Dias: 19 a 21 de setembro
Horário: das 9h às 20h
Local: Pátio Brasil Shopping
www.capitalestudante.com.br
Entrada Franca

02/Out - Espro apresenta seu programa de Estágio no evento CriaRH

jovemaprendiz_criarh

Com 34 anos de tradição no Programa Jovem Aprendiz, o Espro – Ensino Social Profissionalizante traz uma nova possibilidade de inserção no mercado do trabalho aos jovens de Recife, o Programa de Estágio. A instituição como agente de integração se torna um importante elo entre empresas, estudantes e instituições de ensino, identificando as melhores oportunidades do mercado.

Para divulgar este e os outros programas da instituição aos jovens da região, o Espro Recife participa entre os dias 2 e 4 de outubro, do Criarh- Congresso Brasileiro de Criatividade, RH & Gestão com Pessoa RH & Gestão com Pessoas, no Centro de Convenções de Pernambuco.  Os programas oferecidos pelo Espro são: Estágio, Jovem Aprendiz e Formação Profissional para o Mundo do Trabalho. No estande, os jovens poderão receber informações e se cadastrar.

O objetivo deste evento é desenvolver o potencial criativo do ser humano nas organizações e buscar respostas para situações como: identificar, capacitar e desenvolver talentos, manter os profissionais mais engajados, preparados e motivados com suas equipes. Serão disponibilizadas palestras magnas e simultâneas, mini cursos e uma exposição com as melhores instituições de recursos humanos.

Veja histórias de sucesso de jovens de Recife atendidos pelo Espro:

Conheça Aline, Jovem Aprendiz Espro.
Conheça as irmãs Ariane e Adrielle, Jovens Aprendizes Espro.

Serviço:
Centro de Convenções de Pernambuco
Endereço: Av. Professor Andrade Bezerra, s/n
Salgadinho - Olinda - PE, 53111-970
Telefone: 81 3182.8000
Site: www.cecon.pe.gov.br/o-cecon-pe/

Para informações sobre o Espro, acesse: www.espro.org.br/estagio

11/set - Veja dez dicas simples para superar o medo de falar em público

jovemaprendiz_falar

Jovem Aprendiz, Estagiário e jovem da Formação Profissional para o Mundo do Trabalho, vocês sabiam que saber se comunicar passou a ser um dos requisitos básicos para quem deseja uma promoção, se destacar em uma entrevista, vender um produto ou apenas manter o emprego atual. Falar com desenvoltura em público e fazer boas apresentações é uma técnica que se aprende. E mesmo os mais tímidos podem se sobressair e impressionar chefes, clientes e colegas.

De olho nesse nicho, há várias empresas e especialistas que ensinam estratégias e dão dicas de como fazer uma boa apresentação. "Falar em público é fundamental para qualquer profissional, independentemente da área de atuação. Ao usar a palavra e argumentar de forma correta, o profissional passa uma imagem positiva que fortalece sua carreira", afirma Roberta Andrade, da ACT Comunicação.

Além de falar com segurança, outras habilidades são importantes: como saber usar a expressão corporal, cuidados com a voz, entonação, vestimenta, saber usar recursos audiovisuais e capacidade de organizar ideias e dados.

Reinaldo Polito, professor de expressão verbal, palestrante e escritor, explica que, durante a carreira, não há como escapar de fazer apresentações. "Quanto mais elevada for sua posição hierárquica, mais precisará usar a comunicação. Terá de participar de reuniões, apresentar projetos, discutir propostas, motivar equipes e tantas outras atividades que dependem da expressão verbal".

De acordo com os especialistas, qualquer pessoa pode superar as dificuldades e aprender a falar com segurança. Polito explica que o o medo de falar em público ocorre por quatro motivos essenciais, possíveis de controlar: "Falta de conhecimento sobre o assunto, de ordenação didática do pensamento, não ter prática e experiência no uso da palavra em público e falta de autoconhecimento", lista ele.

Para Fernando Pereira de Jesus, diretor do Instituto Fale Bem, fazer uma boa apresentação é uma questão de experiência. "As pessoas não sabem se comunicar porque fugiram das oportunidades ao longo de suas vidas. Quando tinha que apresentar um trabalho na escola, na faculdade e no ambiente profissional, preferiram que um colega apresentasse o projeto", diz ele. "Quanto mais a pessoa falar, mais destreza adquire".

Dez dicas para lidar com o nervosismo nas apresentações em público

1. Deu branco: use recursos para se apoiar, como a apresentação no Power Point ou um roteiro impresso com palavras-chave. "Se uma apresentação é feita apenas verbalmente, depois de três dias os ouvintes se lembrarão de apenas de 10% do que foi transmitido. Se for feita com auxílio de recursos visuais, depois de alguns dias, os ouvintes se lembrarão de 65% da mensagem. Só devemos tomar cuidado para não abusar dos recursos visuais ou ficar lendo o tempo todo", explica o professor Reinaldo Polito.

2. Memorização: Redija o texto para cada tela do Power Point, ensaie, depois deixe o texto de lado e treine sem olhar para a tela. Quando surgir o slide, o orador deve saber o que falar. "Familiarize-se com cada lâmina para evitar os brancos", diz Fernando, do Instituto Fale Bem.

3. Treine em voz alta: "Para aproveitar bem a voz, é preciso pronunciar bem as palavras", diz Polito. Leitura diária em voz alta de textos de jornais, revistas ou livros pode ajudar a melhorar a pronúncia e a respirar melhor, segundo ele. "Ao ler em voz alta, repita as palavras que achar mais difíceis ou que se repetem no texto. Ao pronunciar os verbos, enfatize bem as letras R ao final das palavras".

4. Fale com o espelho: o melhor exercício de oratória é praticar, principalmente a introdução e a conclusão. "Treine toda a apresentação em frente ao espelho, prestando atenção no gestual, que deve ser harmônico com o discurso", diz Fernando, do Instituto Fale Bem. Você também pode se apresentar para alguém da família ou filmar a apresentação para se avaliar depois.

5. Chegue cedo: chegar uma hora ou 30 minutos antes do horário de início da apresentação e conversar com as pessoas que vão chegando ajuda a manter a calma. Se forem desconhecidas, então, faz com que você se sinta mais à vontade com elas antes de ter de se apresentar.

6. Olhe para a plateia:  "A comunicação visual deve atingir três objetivos: observar a reação dos ouvintes; prestigiar a presença das pessoas e quebrar a rigidez postural na hora de olhar para um lado e para o outro", diz Polito, que sugere olhar sempre para todos os lados da plateia.

7. Respire corretamente: a respiração mais prolongada, soltando o ar lentamente ao falar, também ajuda. Se a pessoa sofre de ansiedade e tem a respiração ofegante, muito curta, demonstra insegurança. Treine: inspire e segure o ar no abdome, depois vá soltando devagar pelo nariz.

8. Cuidado com a monotonia: a entonação e o volume da voz são fatores importantes para uma boa comunicação. A pessoa que fala muito baixo e numa mesma entonação torna a apresentação monótona. "É importante usar volume de voz suficiente para que todos possam ouvir bem. Mas a pessoa deve alternar o volume e a velocidade da fala para que o ritmo seja sempre agradável e motivador", afirma Polito.

9. Expressão corporal: os dois maiores defeitos da gesticulação são a falta e o excesso de gestos, sendo que o excesso costuma ser mais grave do que a falta. Polito afirma que, de maneira geral, a pessoa deve evitar falar o tempo todo com as mãos nos bolsos, com os braços nas costas ou cruzados na frente do corpo em posição defensiva. "É preciso evitar, também, ficar apoiado de maneira desleixada sobre uma das pernas ou mantê-las muito abertas ou muito fechadas".

10. O início da apresentação é o momento mais delicado: para contornar esses difíceis instantes iniciais, a pessoa deve começar a falar um pouco mais devagar e mais baixo para não deixar que sua instabilidade seja projetada. "Se a pessoa levou algumas anotações, arrume os papéis sem pressa. Ajeite sem precipitação a altura do microfone. Cumprimente uma a uma as pessoas que compõem a mesa diretora. Deixe as mãos sobre a mesa ou a cadeira para não permitir que o tremor seja percebido. Todos esses cuidados são importantes para conquistar um pouco mais de confiança", afirma Polito.

Fonte: UOL

Fim do conteúdo (Clique neste link para voltar ao início do conteúdo) Voltar ao topo da página (Menu principal)