Projeto Mentalizar

Projeto Mentalizar

O Projeto Mentalizar nasceu com o objetivo de promover palestras em ambiente escolar e através de redes sociais levando informações pertinentes aos jovens de 14 a 24 anos que querem conquistar o seu espaço no mercado de trabalho com seus direitos assegurados pela Lei da Aprendizagem.

O Projeto Mentalizar originou-se do conteúdo técnico “Direitos Humanos, Planos nacionais de direitos humanos” trabalhado com a turma 12687. Foi estimulado pela instrutora Roberta Marçal que os jovens criassem um projeto social para adolescentes e jovens que se encontram em situações de vulnerabilidade social e econômica a conhecerem seus direitos e compreender a importância de ser cidadão de direitos e deveres, contribuindo na construção de saberes sociopolítico, econômico, cultural, educacional e profissional.

O Projeto se propõe a promover palestras em ambiente escolar e através das redes sociais levar informações pertinentes aos jovens entre 14 e 24 anos sobre o Programa de Aprendizagem do Espro para os jovens do Ensino Fundamental e Médio de escolas adjacentes à instituição no Rio de Janeiro.

A Palestra tem duração de uma hora onde os jovens aprendizes apresentam a Instituição Espro. Dinamizamos com jogo de perguntas e respostas sobre a Lei da Aprendizagem, ECA e o Estatuto da Juventude. Nas redes sociais como Instagram, informamos como fazer inscrição no site do Espro e quais cursos eles podem fazer para conquistar uma vaga no mercado de trabalho.

Depoimento da Idealizadora do Projeto:

 "Me chamo Yasmim Souza e a ideia de criar e participar do PSM (Projeto Socializar Mentalizar), surgiu através da aula com a instrutora Roberta Marçal, no Espro, o assunto era sobre Direitos Humanos. Foi então me propus a fazer um projeto que falasse sobre nossos direitos defendido pela Lei da Aprendizagem. Apresentei esse projeto para a instrutora e junto com mais 7 colegas de classe criamos o PSM que tem o objetivo de conscientizar adolescentes e jovens de todas as classes sociais sobre a importância de conhecer e defender seus direitos e compromissos na construção de seu futuro como Jovem Aprendiz.

Com isso, consegui fazer com que através de uma iniciativa o PSM ganhasse força, sendo assim tivemos a oportunidade de apresentar o projeto na Escola Municipal Rivadávia Corrêa no Centro do Rio de Janeiro, e foi uma experiência única ao me ver em duas posições, a primeira de levar o conhecimento para adolescentes como eu que anteriormente não sabia nada relacionado ao assunto e a outra de contribuir para a formação de uma sociedade mais justa e igualitária. Como já dizia Clarice Lispector “Quem caminha sozinho pode até chegar mais rápido, mas aquele que vai acompanhado, com certeza vai mais longe.”

Espro promove 2ª edição do Projeto Articula

Espro promove 2ª edição do Projeto Articula

Muito mais do que promover a discussão sobre a garantia dos direitos dos adolescente e jovens, o Projeto Articula do Espro também coloca em prática a união da rede de apoio, a partir da conexão de entidades, movimentos sociais e órgãos públicos que atuam em defesa desses direitos em todo o Brasil.

A iniciativa, promove encontros periódicos que visam estimular em cada região do Brasil, o diálogo entre as instituições resultando em parcerias, networking e troca de informações em cada localidade de atuação do Espro.

Nos dias 10,11 e 12 de novembro, o Espro realizou a 2ª edição do Projeto Articula. Os encontros, realizados nas regiões de atuação de nossas filiais (São Paulo, Campinas, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Curitiba, Brasília, Recife e Porto Alegre) reuniram mais de 100 participantes que puderam acompanhar iniciativas e discutir soluções e desafios relacionados à pobreza menstrual.

LIVE ARTICULA “21 ANOS DA LEI DE APRENDIZAGEM E OS IMPACTOS SOCIAIS”

Mas, o Projeto Articula não para por aí. Em 16 de dezembro, prepare-se! Porque acontece a live “21 Anos da Lei de Aprendizagem e os Impactos Sociais” com transmissão ao vivo no canal @esprooficial do YouTube, a partir das 15h. Neste webinar, Alessandro Saade, superintendente do Espro, irá conduzir um bate- papo com a participação de Maria do Carmo Brant de Carvalho, ex- Secretária Nacional de Assistência Social e atualmente, Conselheira do Grupo Orientador da Fundação Itaú Social, Hudson Márcio Moreschi Junior, . Secretário de Assistência Social de Novembro do município de Cascavel e Luiz Augusto Prado Barreto, Presidente do Conselho Diretor do ESPRO e Conselheiro da Fundação Liceu Pasteur.

Não perca, clique aqui e ative o lembre . Não perca essa oportunidade!