Espro - Ensino Social Profissionalizante

Educa, Transforma, Inclui.

São Paulo (Matriz) Tel. 11 2504-1174

  • São Paulo (Matriz) Tel. 11 2504-1174
  • Rio de Janeiro Tel. 21 3513-6400
  • Belo Horizonte Tel. 31 3506-1900
  • Brasília Tel. 61 3226-1512
  • Curitiba Tel. 41 2107-0500
  • Recife Tel. 81 3424-8166
  • Salvador Tel. 71 3027-5023
  • Campinas Tel. 19 3722-0004
  • Porto Alegre Tel. 51 3085-5707
Início do conteúdo

Empresa abre vagas para Jovens Aprendizes em Juiz de Fora

O Espro – Ensino Social Profissionalizante está com inscrições abertas para o Programa Jovem Aprendiz na cidade de Juiz de Fora. Serão 10 vagas são para atuar em uma empresa de grande porte no ramo de Comunicação.

Para participar, os jovens devem ter 14 anos, no mínimo, com o Ensino Médio em curso ou já concluído.

As oportunidades são para trabalhar no segmento administrativo, com carga horária de 6h, de segunda a sexta-feira, e oferecem registro CLT, salário fixo de R$ 954,00 e benefícios como vale-transporte e possibilidade de efetivação na empresa.

Inscrições

Para concorrer às vagas, os interessados deverão devem enviar o currículo para O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. até o dia 27 de abril (sexta-feira).

O Programa Jovem Aprendiz

Jovens que desejam ingressar no mundo do trabalho têm no Programa Jovem Aprendiz do Espro uma ótima oportunidade para ganhar experiência e sair na frente em futuras entrevistas e recrutamentos. Ao ser um Jovem Aprendiz, ele realiza Atividade Prática na empresa parceira do Espro e Atividade Teórica na nossa instituição.

A organização possui material didático próprio e seus Aprendizes recebem orientações das áreas Socioeducacional e de Acompanhamento, que são responsáveis pela capacitação e monitoramento da Aprendizagem teórica e comportamental dos jovens.

Atenção, Jovem! Entregue a Documentação Escolar 2017

Atenção, Jovem Aprendiz! Já está no fim o 2º Ciclo de Entrega de Documentação Escolar 2017. Aqueles que ainda estão estudando, devem trazer para o Espro:

• Boletins dos 1º e 2º bimestres com informações de notas e frequência;

• Declaração de matrícula para o ano letivo, dos jovens que entraram no Programa de Socioaprendizagem após o 2º Ciclo e aos jovens que estão cursando o EJA - Educação de Ensino Jovem e Adulto

• Histórico escolar ou uma declaração de conclusão para os jovens que concluíram o Ensino Médio 

Os jovens de São Paulo devem entregar os documentos o mais rápido possível na Central de Atendimento, enquanto os jovens das demais localidades do Brasil devem procurar os instrutores ou a área de Acompanhamento. 

O Jovem Aprendiz que não entregar a documentação ou tiver qualquer inconsistência nos documentos estará sujeito às medidas disciplinares cabíveis.

Fim do conteúdo (Clique neste link para voltar ao início do conteúdo)

Vai participar do RYLA? Siga as dicas para elaborar o projeto

O RYLA - Rotary Youth Leadership Awards - é um Prêmio de Liderança Juvenil promovido pelo Rotary Club que busca desenvolver nos jovens a capacidade de liderança e cidadania, bem como promover o crescimento pessoal. A edição 2017 já está ocorrendo para os jovens participantes do programa Jovem Aprendiz do Espro que, por meio da elaboração de um projeto social, demonstrem a capacidade de liderança e compromisso com a prestação de serviços comunitários. Jovens de todas as unidades do país podem participar.

Se você já se inscreveu e está participando do projeto, chegou a hora de elaborar o seu projeto. O Espro separou algumas dicas, é só seguir.

Projetos Sociais

Caso você se identifique com o propósito de elaboração de projetos sociais, confira a referência abaixo de como elaborar um projeto de maior proporção: 
 
Todo Projeto Social nasce de um desejo de mudar uma situação recorrente ou uma realidade de injustiça ou vulnerabilidade. Os projetos são o ponto entre o desejo e a ação concreta. 
 
"Projetos sociais são iniciativas de grupos, instituições ou setores governamentais que estejam relacionados a uma ampla possibilidade de ações e objetivos. Devem ter em comum o direcionamento de esforços e o planejamento a partir de diretrizes e metodologias voltadas para a ação."
(STEPHANOU, 2003, p.11)
 
Desta forma, os projetos sociais são espaços de negociações entre os desejos de mudanças e as possibilidades concretas de mudanças da realidade, eles não são realizações isoladas, ou seja, ninguém consegue nada sozinho, é imprescindível a pesquisa de campo (realidade encontrada), a negociação, flexibilidade de transformação e busca de parcerias. 

Qualquer pessoa ou organização pode ser um preponente de um Projeto Social, o importante é que ação proposta tenha finalidades públicas, que seja voltada para a melhoria da qualidade de vida e ao acesso a direitos sociais. 
Existe um item fundamental na proposta de um Projeto de Transformação Social, o seu preponente precisa acreditar na causa, a ação proposta precisa “borbulhar em seu peito”. 
 
Um projeto social se dá em três fases: 
Uma vez que você entendeu o que é um Projeto Social, vamos trabalhar na redação dele. Para escrevê-lo, você deve responder a sete perguntas fundamentais:

QUEM: identifica o proponente do projeto, ou seja, quem será o responsável pela ação.
O QUÊ: consiste em definir o que se irá fazer, definindo as ações e os objetivos de cada uma delas.
POR QUÊ: diz qual é a justificativa para realizar a ação, ou seja, porque aquilo é necessário.
COMO: é a metodologia, como será feita, neste momento é importante ler e ver o projeto acontecendo, com suas estratégias e cronogramas.
QUANDO: Por quanto tempo esta ação irá acontecer lembrando que todo projeto tem começo,meio e fim.
ONDE: em que local, região acontecerá. É preciso delimitar o espaço para que a ação ocorra.
QUANTO: qual será o custo de realização, quais os recursos serão necessários para a execução.
Respondendo a estas perguntas, você terá seu projeto social escrito.
 
 
Para a apresentação de uma proposta você deve utilizar alguns itens: 
 
CAPA: É muito importante, porque é o que fará as pessoas olharem para o seu Projeto:
•Título do Projeto
•Subtítulo
•Nome do proponente
•Turma
•Instrutor
•Filial
•Data
 
 
IDENTIFICAÇÃO: é preciso demonstrar quem são as pessoas envolvidas no desenvolvimento do projeto:
•Nome dos envolvidos
•Qualificação
•Pequeno histórico
 
 
JUSTIFICATIVA: Qual o contexto histórico em que o seu projeto está envolvido.
•Nome dos envolvidos
•Por que o projeto foi desenvolvido?
•Qual o público alvo do Projeto?
•Quais os objetivos específicos e objetivo geral do projeto?
•Por que este projeto foi apoiado?
•Quais os benefícios que trouxe à população atendida?
 
 
QUADRO DE METAS: é importante para o acompanhamento de toda o projeto. Confira o exemplo:
 
Bibliografia: STEPHANOU, Luis; Lúcia Helena Müller; Isabel Cristina de Moura Carvalho. Guiapara Elaboração de projetos sociais. São Leopoldo, Porto Alegre: Fundação Luterana de Diaconia, 2003.96p.
 
Quer outras informações, acesse: https://ryla.espro.org.br/
 

Direitos do Jovem Aprendiz: É possível reduzir a jornada de Aprendizagem e o salário, proporcionalmente?

Não existe a possibilidade de reduzir o salário do Aprendiz, em caso de diminuição de sua jornada de trabalho.

O salário do Aprendiz é considerado fonte de sobrevivência para o trabalhador e, muitas vezes, para sua família. Por esta razão, a redução salarial e descontos não autorizados, são proibidos por lei. (artigo 7.º da Constituição Federal) ( artigos 462 e 468)( Art. 462) (Art. 468)

Quer saber mais, acesse: https://goo.gl/qkBWdx

Jovens Aprendizes do Espro precisarão agora baixar token para consultas e exames

A partir do dia 1 de agosto, todos os colaboradores e Jovens Aprendizes do Espro que utilizarem o Plano de Saúde da Amil deverão apresentar um token (código de segurança) para a realização de consultas, exames e internações.

Segundo a Amil, a novidade será “para ajudar a reduzir o número de fraudes que vem prejudicando, cada vez mais, o sistema de saúde e, também, para garantir mais segurança aos usuários”.

Para ter acesso ao token, que será composto por seis dígitos, os colaboradores vão precisar baixar o aplicativo Amil Clientes em seus celulares. É possível fazer o download pelo Google Play, App Store ou Windows Phone.

O código de segurança deverá ser apresentado somente no momento da realização dos procedimentos. Para o agendamento, não haverá a necessidade.

Quem ainda não possui um smartphone ou não conseguir baixar o aplicativo por outro motivo, deverá ligar na Central de Atendimento da Amil nos telefones (11) 3004-1000 ou 0800-706-2363 para solicitar o código.

Antes do download do Amil Clientes, os colaboradores terão de fazer um cadastro no site da Amil (amil.com.br) para que sejam criados um login e senha personalizados. A quem já possui este registro, a operadora solicita que os dados sejam sempre atualizados.

Fim do conteúdo (Clique neste link para voltar ao início do conteúdo) Voltar ao topo da página (Menu principal)