Espro - Ensino Social Profissionalizante

Educa, Transforma, Inclui.

São Paulo (Matriz) Tel. 11 2504-1174

  • São Paulo (Matriz) Tel. 11 2504-1174
  • Rio de Janeiro Tel. 21 3513-6400
  • Belo Horizonte Tel. 31 3506-1900
  • Brasília Tel. 61 3226-1512
  • Curitiba Tel. 41 3075-2750
  • Recife Tel. 81 3424-8166
  • Salvador Tel. 71 3027-5023
  • Campinas Tel. 19 3722-0004
  • Porto Alegre Tel. 51 3085-5707
Início do conteúdo

Quais são as formas de contratação de Aprendizes?

A contratação de Aprendizes deve ser efetivada diretamente pela empresa na qual se realizará a Aprendizagem prática ou pelas Entidades sem Fins Lucrativos, que tenham por objetivo a assistência ao adolescente e a educação profissional, registradas no Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, a qual ficará encarregada de ministrar o curso de Aprendizagem (artes. 430 e 431 da CLT).

 

Quer contratar? Clique aqui. 

 

Coral de Jovens se apresentam pelo 6º ano consecutivo no Theatro Municipal

O Coral dos Jovens do Espro – Ensino Social Profissionalizante – vai animar o Centro de São Paulo com interpretações de músicas natalinas nas escadarias do Theatro Municipal. O evento será no próximo dia 22, quinta-feira, a partir das 11h30, e contará com a participação de 200 jovens de 15 a 22 anos integrantes dos programas de Formação para o Mundo do Trabalho e Jovem Aprendiz da instituição.

A plateia será recepcionada com as famosas músicas de Natal, como Sino Feliz, Jesus Cristo, Feliz Natal, Não custa nada e Dentro de um abraço, da banda mineira Jota Quest. Além da execução das famosas canções natalinos, haverá também a tradicional soltura de balões de gás para homenagear a data comemorativa.

“O Espro sempre tem a preocupação em oportunizar aos jovens ações e atividades que possam agregar na sua formação. As atividades do Coral, além de despertar o jovem para as questões culturais e artísticas, oferecem alegria e satisfação pelo reconhecimento do público, melhora a autoestima e traz segurança e sentimento de valorização”, aponta Margareth Gouveia Pinto, gerente do Espro São Paulo.

Sob regência do maestro Jaconias Rodrigues, o Coral do Espro faz parte do projeto Oficinas de Arte e Cultura que oferece aulas gratuitas de canto, dança, música, interpretação e percussão corporal para os jovens em situação de vulnerabilidade social, com intuito de estimular a formação cultural e ampliar seus conhecimentos.

Mais do que ensinar a interpretar canções, a atividade também é uma ferramenta para se trabalhar respiração, entonação de voz, postura, entre outros pontos importantes que podem contribuir com o desempenho destes jovens no ambiente corporativo, desde como se comportar em uma apresentação de trabalho, comunicar-se com os demais, controlar a ansiedade, entre outros. 

 

Financiamento coletivo para reforma do Espro Itaguassu

22 de novembro de 2016.

O Espro – Ensino Social Profissionalizante lançou na última sexta-feira, dia 18 de novembro, a campanha Reviva Itaguassu na plataforma de financiamento coletivo, o Catarse. O objetivo desta ação é arrecadar fundos para a reforma do prédio da unidade, na periferia no extremo norte de São Paulo.

Hoje, o prédio está em mau estado, o que impede a instituição de atender mais pessoas. Esta unidade é atualmente utilizada para a realização de cursos de Formação para o Mundo do Trabalho, atividade teórica do Programa Jovem Aprendiz, Oficinas de Convivência e Geração de Renda.

A campanha ficará no ar por 6 meses e os doadores terão direito à recompensas de acordo com a doação realizada:

• Para R$ 10 ou mais Agradecimento no Portal do Espro

• Para R$ 30 ou mais Plaquinha com os nomes de quem doou na fachada de Itaguassu

• Para R$ 50 ou mais Carta especial ao doador, escrita pelos jovens

• Para R$ 80 ou mais Cartão-postal com a foto da nova Itaguassu, com autógrafo dos jovens

• Para R$ 200 ou mais Camiseta de apoiador da causa com grafismo/desenho feito pelos jovens

• Para R$ 500 ou mais Pasta de tecido e mousepad com estampa ou desenho dos jovens

Você pode doar, ajudar a divulgar esta campanha e colaborar ainda mais para o resgate da cidadania, o aumento da autoestima, o convívio e o estreitamento de laços familiares da comunidade da Brasilândia, em São Paulo.

Doe e compartilhe este projeto!

Financiamento Coletivo

O financiamento coletivo ou ‘crowdfounding’ uma modalidade de efetivação de projetos muito popular atualmente. É quando várias pessoas se identificam com um projeto e resolvem contribuir financeiramente para que ele saia do papel. Baseado na economia colaborativa, tem como fundamento a premissa de que juntos todos podem conquistar seus objetivos. A doação é como qualquer outra que você faz a instituições de caridade, por exemplo, com a diferença de que normalmente, de acordo com o valor doado, há recompensas como contrapartida à atitude solidária. Algumas delas são simbólicas pois, normalmente, o ato de doar já traz por si só muita satisfação ao doador . No caso do Catarse – a plataforma escolhida pelo Espro para este projeto – o pagamento é feito por meio de pagamento por cartão de crédito, pelo próprio site de financiamento coletivo.

Clique aqui para doar.

 

Pela 2ª vez, Espro é eleito um dos 100 melhores Fornecedores para RH

Pelo segundo ano consecutivo, o Espro foi premiado como um dos 100 Melhores Fornecedores para RH durante evento realizado pela revista Gestão & RH na noite desta quarta-feira, em São Paulo.

O prêmio é referência para as empresas que buscam fornecedoras de produtos ou serviços para o departamento de Recursos Humanos e das práticas direcionadas aos parceiros nas áreas de: Benefícios, Talentos, Tecnologia para RH, Gestão do Negócio e Facilities & Services.

“É mais um reconhecimento da qualidade e excelência no cumprimento da nossa missão junto aos nossos parceiros. Demos mais um passo importante na ampliação da nossa atuação na transformação de vidas e na contribuição do desenvolvimento do país”, afirmou Paulo Vieira, gerente de Marketing e Relacionamento. 

Na primeira fase do prêmio deste ano, o Espro já havia sido reconhecido como uma das 300 melhores prestadoras de serviços do país e recebeu cerca de 800 votos no site da revista.

Em segunda etapa de votação, a instituição ficou entre os 100 Melhores como ocorrido em 2015. Foram cerca de 1.000 empresas que concorreram neste ano.

O Espro é indicado para concorrer a este prêmio – que está em sua 10ª edição – desde 2014, quando ficou entre os 300 Melhores Fornecedores.

Espro Brasília cria projeto que ensina a fazer uma boa redação no Enem

4 de novembro de 2016

O Espro Brasília criou um projeto focado na dissertação argumentativa e nas técnicas básicas de produção textual para garantir aos estudantes um melhor desempenho na redação do Enem - Exame Nacional de Ensino Médio. Chamado de ‘Jovem Escritor’, a ação é voltada para os Jovens Aprendizes da instituição.

O projeto foi desenvolvido pela instrutora Elen Gama a partir da necessidade apresentada pelos jovens durante as Atividades Teóricas que o Programa Jovem Aprendiz oferece e devido a redação ser um dos principais desafios do Exame, podendo alavancar a nota dos estudantes quando bem desenvolvida.

Elen utiliza como metodologia do projeto a abordagem coletiva leitura dinâmica, brainstorming, mostra de redações que tiveram a nota máxima e produção e estruturação de textos. Também são discutidos assuntos relevantes, temas sociais e atualidades. Essa  construção de ideias se dá com a leitura e interpretação de textos de apoio, leitura de jornais e de sites de notícias. “As reflexões sobre  temas sociais, por exemplo, afetam a vida em sociedade e impactam diretamente no conflito de interesses individuais e coletivos. É importante frisar que deve-se levar em conta não apenas a própria  opinião, mas também o respeito às leis; fazendo-os repensarem seus valores e conhecimentos adquiridos e como irão portar-se perante a comunidade daqui para frente. Assim, os jovens devem estar antenados nos fatos políticos e sociais para ter desenvolvido um repertório mínimo para a elaboração de um bom texto”, afirma. 

Durante o projeto, que teve início em setembro, os jovens já desenvolveram duas redações e mostraram uma melhoria significativa em relação à argumentação, estrutura e diminuição de erros gramaticais. 

A Aprendiz Luísa Antunes considerou o conteúdo apresentado muito rico e garantiu que ele será bem utilizado na sua redação. “Aprendemos dicas valiosas, sobretudo para a redação do ENEM, como o uso de conectores, pontuação, a utilização estratégica da escrita, o mapa mental e o início de redações com tópico frasal”, disse. 

Os pontos analisados durante o projeto são: o registro da norma culta avaliando questões como ortografia e acentuação; apresentação de raciocínio, defesa de um ponto de vista coerente; uso correto da gramática e língua portuguesa possibilitando coesão entre orações, frases e parágrafos; e por último, se o candidato apresentou uma proposta de solução do problema especificando o dever e papel de cada cidadão de acordo com o tema sugerido. 

Fim do conteúdo (Clique neste link para voltar ao início do conteúdo) Voltar ao topo da página (Menu principal)