Espro - Ensino Social Profissionalizante

Educa, Transforma, Inclui.

São Paulo (Matriz) Tel. 11 2504-1174

  • São Paulo (Matriz) Tel. 11 2504-1174
  • Rio de Janeiro Tel. 21 3513-6400
  • Belo Horizonte Tel. 31 3506-1900
  • Brasília Tel. 61 3226-1512
  • Curitiba Tel. 41 2107-0500
  • Recife Tel. 81 3424-8166
  • Salvador Tel. 71 3027-5023
  • Campinas Tel. 19 3722-0004
  • Porto Alegre Tel. 51 3085-5707
Início do conteúdo

Projeto De Olho no Futuro mobilizou jovens por todo o Brasil

 

A 10ª edição do projeto De Olho no Futuro novamente proporcionou aos nossos jovens muito conhecimento e novos aprendizados sobre mais de 100 profissões em todas as suas unidades distribuídas pelo Brasil.

O projeto, que neste ano aconteceu entre os dias 21 e 25 maio, foi uma grande oportunidade para que os participantes conhecessem mais sobre as possibilidades disponíveis no mercado e também fizessem um networking com diversos profissionais especializados.

Além disso, o projeto estimulou o protagonismo dos jovens, uma das missões do Espro, uma vez que são os próprios participantes que fizeram o convite aos palestrantes para a realização da apresentação sobre alguma carreira.

 

Profissionais de diversos segmentos compartilharam com os Jovens Aprendizes aspectos das suas áreas de atuação, curiosidades, realidades, entre outros temas atuais relacionados ao mundo do trabalho.

Com isso, os participantes tiveram a oportunidade de ter um contato mais próximo com especialistas de áreas convencionais, como advogados, psicólogos, engenheiros, publicitários, jornalistas, militares, atores e políticos até conhecerem profissões que surgiram mais recentemente nas áreas de Tecnologia da Informação e Marketing Digital.

“Acredito que projetos como este são uma oportunidade fantástica aos jovens de poderem ouvir depoimentos de pessoas nas mais diversas áreas que podem transmitir valores, acontecimentos, dificuldades e os objetivos que nós queremos para o Brasil, de uma nação justa, solidária, fraterna e democrática. Parabenizo ao Espro e, ao mesmo tempo, fiquei feliz e honrado por este convite”, afirmou o economista e atual vereador Eduardo Suplicy, que fez uma das palestras de abertura no Espro São Paulo.


Neste ano, foram realizadas mais de 700 palestras em todas as unidades da instituição pelo Brasil, impactando quase 12 mil jovens.

“É muito importante para todos os jovens terem o contato com uma ótica diferente em relação a que eles vivem. Concordei em participar do projeto porque sei da importância que uma ação como esta pode ter para a gente, profissionais, e para eles. Essa reciprocidade e troca de experiências que o De Olho no Futuro proporciona é muito importante dentro desse processo de formação”, completou Pablo Bispo, ex-instrutor do Espro Rio de Janeiro e atual produtor musical de artistas como Anitta e Pabllo Vittar.

A VISÃO DOS JOVENS

O Projeto De Olho no Futuro foi muito elogiado e aproveitado pelos jovens do Espro. Ao término da semana, muitos participantes afirmaram que a oportunidade de conhecer novos profissionais foi de grande importância para a vida de cada um.

“O projeto mostrou que devemos superar nossos medos e anseios para nos tornar profissionais que tenham ação mesmo em meio ao caos”, afirmou a jovem Helena Araujo, da turma 6989 do Espro São Paulo.

“Me senti muito motivada e inspirada pelos palestrantes. Foi importante ver que todos possuem dificuldades, mas que é possível superá-las e seguir seus sonhos”, completou a jovem Mariana Rocha Pereira, da turma 7567 do Espro Rio de Janeiro.

 

Além das mais de 100 profissões que puderam ter a oportunidade conhecerem em detalhes, os jovens também se interessaram com palestras que abordaram temas como empreendedorismo e mundo digital.

“As palestras foram muito explicativas e nos ajudaram a traçar uma meta para o nosso futuro, além de ter uma visão melhor sobre o mercado de trabalho, suas dificuldades e como desempenhar nosso trabalho com qualidade”, apontou o jovem Eduardo Henrique, do Espro Curitiba.

“Fiquei encantada com o amor pelo qual a palestrante tinha ao falar da sua profissão e do seu percurso na vida. Levarei sempre comigo essa consciência ao fazer a minha escolha”, acrescentou a jovem Kathleen Santos, da filial Belo Horizonte.

Entre os palestrantes, houve também a presença de alguns ex-Aprendizes, que serviram de inspiração para os participantes da 10ª edição do projeto.

Na unidade Centro 1, em São Paulo, por exemplo, a jovem Anelysa Rocha Batista contou sua trajetória desde o seu início no Espro até a sua efetivação na empresa ViaQuatro, concessionária da Linha 4 Amarela do metrô paulistano.

“Estar aqui e passar esse tempo com eles foi muito gratificante. Poder transmitir aquilo que eu já passei, que foi uma realidade da minha vida e hoje é na vida deles. É muito recompensador. Foi uma forma de retribuir um pouco daquilo que eu recebi quando estava no Programa de Socioaprendizagem”, lembrou Anelysa.

BELO HORIZONTE

Cerca de 1.400 jovens foram impactados com as 151 palestras que aconteceram na filial BH e nas suas unidades em Contagem, Venda Nova, Ipatinga, Varginha, Patos de Minas e Uberlândia.

Entre as áreas apresentadas aos participantes, estiveram Ciências da Computação, Gastronomia, Mecânica de Aeronaves, Biomedicina e Relações Internacionais.

Parceiros de peso como bancos Itaú, Bradesco e Mercantil, Pepsico, Gol Linhas Aéreas, Crefisa, Cemig e Cruzeiro Esporte Clube, marcaram presença no projeto em Belo Horizonte.

“Agradeço imensamente pela oportunidade de caminhar com o Espro neste projeto, o qual é simplesmente excepcional. Muito rica e gratificante esta ‘troca’ com os jovens”, revelou Marcos Lacerda, da empresa Emive.

BRASÍLIA

Entre vários profissionais voluntários que dedicaram parte de seu tempo para troca de experiências pessoais e profissionais com os jovens, a presença de Lucimara Silva da Costa, ex-Aprendiz do Espro e que ocupa atualmente o cargo de coordenadora no banco Santander, foi uma das mais marcantes para os jovens do Espro Brasília.

A jovem palestrante mostrou uma linha do tempo entre a sua infância e adolescência pobre na Bahia até o momento em que se encontra para motivar os participantes a buscarem seus objetivos de vida.

“O mundo não dá voltas, ela dá cambalhotas. Olhando para trás, jamais imaginaria que poderia chegar onde estou. E, boa parte desta conquista, se deve ao Espro. Muito obrigada”, agradeceu Lucimara.

A visita da coordenadora da Auditoria Fiscal da Controladoria Geral da União (CGU), Priscila Diniz, também chamou a atenção no projeto realizado na filial do Distrito Federal.

Já na unidade de Goiânia, os jovens puderam ter contato com a dra. Katleen, do Ministério Público do Trabalho, com o coach e treinador físico Dawglysh, e com a gestora de RH da Intercement, Dafinne Carvalho.

CAMPINAS

Com um total de 65 palestrantes de 35 empresas parceiras distintas, o Espro Campinas proporcionou aos seus quase 400 jovens conhecimentos sobre diversos ramos de atuação.

Entre os convidados que recebeu durante toda a semana, a filial teve o ex-atleta olímpico André Heller, medalhista com a seleção brasileira de vôlei, e Alex Fabian, diretor da AON, como os principais destaques.

"Aos jovens do Espro, que escolheram se capacitar se empoderando de conhecimento para o futuro, um forte abraço”, afirmou o jogador de vôlei.

"Busquei passar a mensagem a eles que não existe certo ou errado, mas sim determinação em conquistar o sonho. E parabéns ao Espro por mostrar que para os jovens que eles podem tudo, basta encarar os desafios como obstáculos a serem superados”, alertou Marcos Moraes, gerente da Unilever.

CURITIBA

Entre todas as unidades do Paraná e Santa Catarina, o Espro proporcionou aos seus 1.400 jovens um total de 130 palestras com profissionais ligados desde às áreas de Engenharias Civil, Mecânica, da Produção, Elétrica e Química, além de Farmácia e Enfermagem, até Cinema, Filosofia, Agronomia e Gestão de Projetos Sociais.

Houve a presença de parceiros importantes entre os palestrantes, como Sanepar, Hospital Pequeno Príncipe, Philip Morris, Pepsico, TOTVS, AON, Electrolux, Serasa Experian, Itaú, Unimed e Cyrela.

“Foi uma experiência muito rica para mim, relembrar minha trajetória, poder dividi-la com os jovens e perceber que, de alguma forma, eu os ajudei, foi realmente muito gratificante. Conhecer o Espro e ver o quanto vocês amam e levam a sério o que fazem é inspirador”, admitiu Raquel Iesbik, gestora da Mondelez.

Já no interior do Estado, o Espro Londrina se destacou ao ser a unidade onde houve a maior concentração de participantes do projeto, com 182 Jovens Aprendizes e 19 palestrantes.

“Fiquei encantada com a unidade e com o evento. Aproveito ainda para formalizar um elogio ao jovem Mateus Souza. Extremante dedicado, pontual, proativo, educado, e que certamente terá um futuro profissional excelente. Obrigada ao Espro por nos encaminhar jovens com este profissionalismo”, completou a gestora Fabiane Wasilewski, da Serasa Experian.

PORTO ALEGRE

Quase 400 jovens também tiveram a oportunidade de assistir a mais de 30 palestras do projeto no Espro Porto Alegre.

Entre os convidados, estiveram presentes profissionais ligados a órgãos públicos, como Filipe Rodenbusch Tisbierek, coordenador municipal da Juventude, e a assistente social Cristiane Machado, da Prefeitura Municipal de Cachoeirinha.

Além deles, gestores de importantes parceiros como AON, Cyrela, Auxiliadora Predial, Raízen Combustíveis, Azul Linhas Aéreas e Pepsico, também apresentaram suas profissões aos jovens.

RECIFE

Cerca de 60 palestrantes participaram do De Olho no Futuro realizado na filial Recife e nos polos de Salvador, Manaus, Natal, Fortaleza, João Pessoa e Belém.

Temas como Marketing, Engenharia Civil, Nutrição, Arquitetura, Psicologia, Educação Física, Advocacia, Pedagogia, Meio Ambiente, Fotografia e Audiovisual, atraíram mais a atenção dos participantes.

“A experiência e trajetória profissional do engenheiro químico Márcio Moura em grandes empresas do exterior exaltou nos jovens a necessidade do estudo e a busca por especializações. Estimulou ainda eles a terem curiosidades internacionais, contribuindo na constante procura por novos conhecimentos”, analisou o instrutor Germano Patu, da filial Recife.

Já para o Aprendiz Lucas Henrique, a palestra ministrada por Selton Lucas da Silva, que abordou o tema Políticas Juvenis, foi a mais inspiradora aos jovens presentes.

RIO DE JANEIRO

Profissões como advogado, dentista, escritor, educador social, ginecologista, auditor, professor, coach, jornalista, pesquisador e músico fizeram parte das 150 palestras para os jovens do Espro Rio de Janeiro.

Houve também a presença de diversos gestores convidados pelos jovens, como Lana Monteiro, gerente na Rio Galeão, Willians Anjo, supervisor da Vivante, Ali Jalloule, coordenador da Azul Seguros, Paulo Silva, supervisor administrativo do SBT, Jorge Antônio Silva, gerente do Bradesco, Ricardo Farias e Hélio Vieira, coordenadores da TECBAN, entre outros.

Já palestrantes que abordaram empreendedorismo trouxeram diversas histórias de superação que inspiraram os jovens.

“Foi muito positiva a experiência de transmitir aos jovens a minha vida profissional, pois esse processo de escolha pode ser, muitas vezes, frustrante pela cobrança interna e externa. E isso resulta em uma falta de orientação de que carreira seguir. Então, este projeto promove a experiência de ouvir o outro, o que pode abrir caminhos para as escolhas futuras de cada um”, apontou Andressa de Oliveira Monteiro, agente de Defesa Civil e uma das palestrantes na filial Rio.

Entre as apresentações, também foram consideradas muito interessantes pelos instrutores e jovens as de Marianna Restum de Albuquerque, professora na Universidade Federal Fluminense, Fernanda Godoy, enfermeira na Secretaria de Saúde de Cabo Frio, Robson Pereira, contador e professor, e Joana Tânia dos Anjos Raphael, coordenadora do Projeto Escolhas.

SÃO PAULO

Em todo o Espro São Paulo e seus polos, foram mais de 250 palestrantes de diversas áreas de atuação. Estiveram representadas companhias como Johnson & Johnson, Cinemark, Porto Seguro, Unilever, Mapfre, Apple, Avon, Natura, e de bancos como Santander, Itaú Unibanco, Pan e Original, entre outras.

Na unidade Centro 1 (Fecap Largo São Francico), um dos destaques para os jovens foi o palestrante Bruno Ramos, coordenador da Liga do Funk, organização cultural que atua na formação artística dos jovens da periferia de São Paulo.

O convidado apresentou sua trajetória ativa na vida pública e a importância da atuação do jovem como cidadão político e participativo em situações de interesse de sua região

“Com projetos como este, o Espro acaba fazendo aquilo que o Estado deveria fazer. Sinto nos jovens uma carência de oportunidades. O jovem, principalmente aquele que se encontra em situação de vulnerabilidade social, não é ouvido. E essa invisibilidade gera um efeito de bola de neve para diversos outros problemas. Então, o Espro assume um papel social importante ao ter esta preocupação em demonstrar sensibilidade e acolhimento para estes jovens”, apontou.

No Centro 2 (Fecap Liberdade), a gerente de Ouvidoria do banco Pan, Mariana Roncaglia, proporcionou aos participantes algumas reflexões sobre as conquistas profissionais e a importância de se buscar o que almeja.

“A palestra foi extremamente proveitosa e descontraída. Trouxe-nos exemplos verídicos da área jurídica e nos motivou a sermos persistentes em nossos objetivos, por mais que pareçam difíceis de serem alcançados e que surjam obstáculos durante o percurso”, opinou a jovem Karine Ribeiro da Silva, de 18 anos e Aprendiz no Grupo Band.

Já na unidade Sul (Sumaré e polos Osasco, Santos, São José dos Campos e São Bernardo), profissionais de parceiros como Volkswagen, Liberty Seguros, Arcor, Alpargatas, estiveram entre os palestrantes.

“Participar da semana do De Olho no Futuro foi uma experiência maravilhosa. É muito gratificante compartilhar com os Jovens Aprendizes sobre os desafios, aprendizados e conquistas. E, melhor ainda, contribuir para o crescimento profissional deles”, disse Daniele Santos, gestora da empresa Merck.

 

Fim do conteúdo (Clique neste link para voltar ao início do conteúdo) Voltar ao topo da página (Menu principal)