Espro - Ensino Social Profissionalizante

Educa, Transforma, Inclui.

São Paulo (Matriz) Tel. 11 2504-1174

  • São Paulo (Matriz) Tel. 11 2504-1174
  • Rio de Janeiro Tel. 21 3513-6400
  • Belo Horizonte Tel. 31 3506-1900
  • Brasília Tel. 61 3226-1512
  • Curitiba Tel. 41 2107-0500
  • Recife Tel. 81 3424-8166
  • Salvador Tel. 71 3027-5023
  • Campinas Tel. 19 3722-0004
  • Porto Alegre Tel. 51 3085-5707
Início do conteúdo

Espro Brasília cria projeto que ensina a fazer uma boa redação no Enem

4 de novembro de 2016

O Espro Brasília criou um projeto focado na dissertação argumentativa e nas técnicas básicas de produção textual para garantir aos estudantes um melhor desempenho na redação do Enem - Exame Nacional de Ensino Médio. Chamado de ‘Jovem Escritor’, a ação é voltada para os Jovens Aprendizes da instituição.

O projeto foi desenvolvido pela instrutora Elen Gama a partir da necessidade apresentada pelos jovens durante as Atividades Teóricas que o Programa Jovem Aprendiz oferece e devido a redação ser um dos principais desafios do Exame, podendo alavancar a nota dos estudantes quando bem desenvolvida.

Elen utiliza como metodologia do projeto a abordagem coletiva leitura dinâmica, brainstorming, mostra de redações que tiveram a nota máxima e produção e estruturação de textos. Também são discutidos assuntos relevantes, temas sociais e atualidades. Essa  construção de ideias se dá com a leitura e interpretação de textos de apoio, leitura de jornais e de sites de notícias. “As reflexões sobre  temas sociais, por exemplo, afetam a vida em sociedade e impactam diretamente no conflito de interesses individuais e coletivos. É importante frisar que deve-se levar em conta não apenas a própria  opinião, mas também o respeito às leis; fazendo-os repensarem seus valores e conhecimentos adquiridos e como irão portar-se perante a comunidade daqui para frente. Assim, os jovens devem estar antenados nos fatos políticos e sociais para ter desenvolvido um repertório mínimo para a elaboração de um bom texto”, afirma. 

Durante o projeto, que teve início em setembro, os jovens já desenvolveram duas redações e mostraram uma melhoria significativa em relação à argumentação, estrutura e diminuição de erros gramaticais. 

A Aprendiz Luísa Antunes considerou o conteúdo apresentado muito rico e garantiu que ele será bem utilizado na sua redação. “Aprendemos dicas valiosas, sobretudo para a redação do ENEM, como o uso de conectores, pontuação, a utilização estratégica da escrita, o mapa mental e o início de redações com tópico frasal”, disse. 

Os pontos analisados durante o projeto são: o registro da norma culta avaliando questões como ortografia e acentuação; apresentação de raciocínio, defesa de um ponto de vista coerente; uso correto da gramática e língua portuguesa possibilitando coesão entre orações, frases e parágrafos; e por último, se o candidato apresentou uma proposta de solução do problema especificando o dever e papel de cada cidadão de acordo com o tema sugerido. 

 
Fim do conteúdo (Clique neste link para voltar ao início do conteúdo) Voltar ao topo da página (Menu principal)